2017/08/04

Qual a nossa prioridade?...

Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas. Mateus 6:33

Boa noite irmãos... quero nesta noite falar sobre prioridade. A palavra prioridade significa eleger o que vem em primeiro lugar, ou seja, o que mais importa para nós.

Prioritário é tudo aquilo que vem primeiro em ordem, tempo e dignidade. Quando falamos em organização pessoal, priorizar significa tomar decisões significativas e direcionar seus recursos de acordo com o seu foco.

No dia a dia, certamente você tem muito a fazer. No calor das situações, fica até difícil reconhecer o que é prioridade. Muitas urgências aparecem, incêndios que você precisa apagar acontecem o tempo todo e imprevistos impactam no seu planejamento. Além do que, as prioridades parecem mudar toda hora! O que é prioridade no dia 14 não será mais (provavelmente) prioridade no dia 30. Muitas vezes, as prioridades mudam de um dia para o outro!

Mas não quero falar nesta noite deste conceito de saber escolher a melhor atividade a ser realizada durante o seu dia para que seu dia renda mais. Isso é bom, você deve sim fazer esse exercício de sentar e verificar prioridades diárias. Eu quero falar sobre a prioridade que nós cristão temos dado ao reino de Deus diante de tão grande salvação que ele fez por cada um de nós.

Neste sentido queridos irmãos eu acredito que muitos cristãos precisam reavaliar suas prioridades da vida sob o ponto de vista do Reino de Deus. Muito de nós perdemos o foco diante de tantas prioridades e por conta disso perdemos a noção do que realmente importa em nossas vidas como cristãos.

Eu falo isso com conhecimento de causa, por que como pastor percebo o quanto nós cristãos estamos sendo influenciados negativamente pelo sistema corrupto do mundo a priorizar o que bíblia não nos ensina.

Por exemplo se fizesse aqui uma enquete e pergunta-se pra muitos de vocês o que é importante ou prioritário em uma escala acredito que a muitos concordaria com essa escala...


 Você concorda com essa figura?

Acredito que essa figura representaria a visão de prioridade de muitos cristãos, talvez com pequenas mudanças entre alguns itens... mas essa seja a forma de pensar de muitos cristãos e ainda que não expressem essas prioridades em forma de palavras, a gente percebe na pratica através da postura das pessoas em relação ao seu comprometimento com as coisas de Deus.

Apesar dessa figura aparentemente estar correta quero dizer pra vocês que ela é contraria ao que a bíblia ensina e nos exorta. E quem segue essa linha de raciocínio está completamente enganado no que ser refere a ser um cristão.

Aquém pode contestar: "pastor, família e trabalho vem antes de ministério (de serviço para o reino) eu diria com que fundamento bíblico você se baseia essa sua crença... vamos ver o que Jesus disse a esse respeito.

Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. Mateus 10.37

Lucas 14:26 "Se alguém deseja seguir-me e ama a seu pai, sua mãe, sua esposa, seus filhos, seus irmãos e irmãs, e até mesmo a sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo.

Pastor quer dizer que a família não é importante?  Claro que é querido irmão... aliás o Apostolo Paulo nos ensina que aquele que não cuida dos seus é pior que o incrédulo. O que Jesus está nos ensinando aqui é que Não é proibido amares os teus pais, mas preferi-los a Deus. Porque as relações naturais são benefícios do Senhor, e ninguém deve amar os benefícios recebidos mais do que a Deus, que preserva os benefícios que dá.

O Novo Testamento Vivo transmite com muito mais propriedade o sentido exato da declaração de Cristo: "Todo aquele que quer ser Meu seguidor deve amar-Me bem mais do que ao seu pai, mãe, esposa, filhos, irmãos ou irmãs; sim, mais do que a própria vida; caso contrário, não pode ser Meu discípulo".

No fundo, Jesus com aquelas palavras quis simplesmente aplicar o princípio do maior preceito: amor a Deus e ao próximo. Este último, mesmo se referindo às pessoas mais caras, deve ser subordinado ao primeiro".

O cristão que coloca a sua família acima de seu chamado ou do seu envolvimento e serviço nas coisas Deus esta ocorrendo em uma grave falha.

Não há nada, absolutamente nada que possa ocupar a prioridade de nossas vidas, a não ser Deus. O mandamento dado a Moisés foi lembrado e enfatizado pelo próprio Senhor Jesus:

"Aproximou-se dele um dos escribas que os ouvira discutir e, percebendo que lhes havia respondido bem, perguntou-lhe: Qual é o primeiro de todos os mandamentos? Respondeu Jesus: O primeiro é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças. E o segundo é este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses." (Marcos 12.28-31)

Amar ao Senhor de todo o nosso coração, alma, entendimento e forças, é colocá-lo em primeiro lugar nas nossas vidas. Jesus deixou bem claro a qualquer que quisesse seguí-lo como discípulo, que deveria reconhecê-lo em primeiro lugar em suas vidas, na frente das pessoas que normalmente nos são as mais amadas e queridas:

O texto de mateus 6 Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça,

O Reino de Deus, que é o domínio de Cristo na vida do cristão, é ou deveria ser a maior prioridade de sua vida. A grande diferença da vida do cristão para o ímpio é que este tem uma prioridade posta (Ml. 3.18; Cl. 3.1-2).

Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas. Colossenses 3:1,2

O ímpio busca sucesso, coisas materiais, vida de prazeres fugazes, etc. Mas o cristão prioriza a Deus em sua vida.

Em relação ao trabalho o princípio é o mesmo ele é importante sim alias a bíblia orienta.

"Porque, quando ainda convosco, vos ordenamos isto: Se alguém não quer trabalhar, também não coma. Pois, de fato, estamos informados de que entre vós há pessoas que andam desordenadamente, não trabalhando; antes se intrometem na vida alheia. A elas, porém, determinamos e exortamos, no Senhor Jesus Cristo, que, trabalhando tranquilamente, comam o seu próprio pão." (2 Tessalonicenses 3.10-12)

O mandamento de Deus é claro: quem não trabalha, não deve ser sustentado pelos outros! Cada homem tem a obrigação e responsabilidade de se envolver com o trabalho; isto não apenas o proverá quanto às suas necessidades, mas ocupará corretamente o seu tempo, livrando-o de outros problemas. Paulo se orgulhava de nunca ter sido um peso para ninguém, e de suas próprias mãos (seu trabalho) terem lhe provido o sustento (At 20.34).

A Bíblia nos ensina a encarar o trabalho de forma equilibrada. Ela condena a preguiça e incentiva a pessoa a ser trabalhadora. (Provérbios 6:6-11; 13:4) Mas ela não aprova trabalhar em excesso. Em vez disso, ela nos incentiva a relaxar e descansar de tempos em tempos.

 Eclesiastes 4:6 diz: "Melhor é um punhado de descanso do que um punhado duplo de trabalho árduo e um esforço para alcançar o vento."

 "Para o homem não há nada melhor do que comer, e deveras beber, e . . . ver o que é bom por causa do seu trabalho árduo." — Eclesiastes 2:24.

É importante que a necessidade de trabalhar e de se sustentar não se corrompam tornando-se ganância e cobiça. Há pessoas que ficam possuídas pelo trabalho e pelo dinheiro e agem desonestamente para conseguirem mais. Outras fazem do trabalho um deus que lhes domina todo o ser. Deus deve ser a prioridade máxima. Jesus descreveu um rico fazendeiro que usou toda a sua energia em seu trabalho; o fim dele foi muito triste (veja Lucas 12:15-21). Jesus concluiu a história desta forma: "Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com Deus" (Lucas 12:21). Outros textos falam do contentamento e do grande perigo de amar o dinheiro.

pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram a si mesmas com muitos sofrimentos. Você, porém, homem de Deus, fuja de tudo isso e busque a justiça, a piedade, a fé, o amor, a perseverança e a mansidão. 1 Timóteo 6:10,11

Quando o cristão tem como prioridade o seu trabalho secular em detrimento a sua vida espiritual, ou o seu serviço nas coisas do reino de Deus, ele está cometendo um grave pecado. O grande problema dessa figura.

É que ela passa uma escala de importância, departamentalizando nossa vida, como se todas essas áreas funcionassem fora da Influência de Deus. Como se hora uma fosse importante e hora a outra.

Quero mostrar então na minha visão uma outra figura que representa de forma justa o que a bíblia nos ensina sobre prioridade.

O centro da prioridade do Cristão é Deus e as demais áreas de nossa vida orbita em torno dessa prioridade... todas são de iguais importância e peso e todas devem ser exercidas debaixo da influência de nosso Deus e em mesma proporção.

Isso sim é Buscar, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas. Essas demais coisas são as áreas de nossa vida a qual Deus cuidará

"Nunca estejais ansiosos, dizendo: 'Que havemos de comer?' ou: 'Que havemos de beber?' ou: 'Que havemos de vestir?' . . . Vosso Pai celestial sabe que necessitais de todas essas coisas." — Mateus 6:31, 32.

O verdadeiro cristão entende e vive sob a dimensão de que Deus é a única prioridade, que buscar o seu Reino é nossa prioridade. Mas, o que significa buscar o Reino de Deus com prioridade?

I - Significa Buscar uma vida de intimidade com Deus… Deseje crescer nessa vida em Cristo… Envolva-se na obra sendo uma bênção no Reino de Deus. Subordine as preocupações materiais às preocupações espirituais (Lc. 10.42-43).

Respondeu o Senhor: "Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas; todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada".

II – Significa que você deve dar, na prática, o primeiro lugar para Deus em sua vida.

– O melhor do teu dia: as primeiras horas…

O Deus, tu és o meu Deus, de madrugada te buscarei; a minha alma tem sede de ti; a minha carne te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água; Salmos 63:1

– O melhor da tua vida: a sua adolescência e juventude (Is. 40.31)…

Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão. Isaías 40:31

– Sua confiança.

Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. Provérbios 3:5,6

Quando colocamos Deus em seu lugar de primazia em nossas vidas, Ele consegue gerir tudo o que está ao nosso redor, sem que haja a dificuldade. Ele mesmo protege tudo o que queremos manter. Ele mesmo mantém a salvo as pessoas, nossos bens, conquistas e desejos. De outro modo, quando pomos outra coisa ou alguém, por mais especial que seja para nós, no lugar do Senhor, nós nos tornamos os responsáveis de gerir aquilo. Achamos que nós mesmos na nossa própria força, conduziremos nossas vidas melhor do que o próprio Deus. Um grande engano!

- O melhor dos teus bens: as primícias (Pv. 3.9)…

Honra ao Senhor com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos; Provérbios 3:9

– O melhor da tua paixão: servir ao Senhor com alegria (Sl 100)…

Celebrai com júbilo ao SENHOR, todas as terras.

Servi ao Senhor com alegria; e entrai diante dele com canto.

Sabei que o Senhor é Deus; foi ele que nos fez, e não nós a nós mesmos; somos povo seu e ovelhas do seu pasto.

Entrai pelas portas dele com gratidão, e em seus átrios com louvor; louvai-o, e bendizei o seu nome.

Porque o Senhor é bom, e eterna a sua misericórdia; e a sua verdade dura de geração em geração.

Salmos 100:1-5

- O seu trabalho...

Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará; porque a este o Pai, Deus, o selou (João 6:27).

 O Deus que servimos não aceita ser segundo, não aceita dividir o trono de nossas vidas. Ele é um Deus Zeloso. Ou é prioridade absoluta ou nada feito. Deus não disputa posições, não entra em pleitos, não abre espaço concorrência. Só há um trono em nossos corações e Deus quer assentar-se nele do contrário, ele estará do lado de fora batendo para poder entrar.

Deixe Jesus realmente ter o controle absoluto da sua vida. Coloque-o no trono do seu coração.

Nenhum comentário: