2013/07/18

Minha família no altar de Deus

Texto: 2 Cr 26
Eu estava pensando sobre como colocar a minha Família no altar de Deus e olhando para a palavra de Deus vemos que nem todos podiam se aproximar do altar era algo extremamente perigoso se aproximar do altar de Deus se você não fosse um sacerdote, ou seja se você não fosse uma pessoa separada para essa função.
O altar de Deus, simbolicamente representa a própria presença de Deus. Era um lugar santíssimo o qual apenas os sacerdotes podiam transitar, não era pra qualquer um, temos um episódio acontecido com o rei Uzias lá em 2 Cr 26.16, onde ele pensou que podia oferecer incenso diante do altar de Deus e ele foi acometido de lepra.
1. Aqui esta a primeira lição pra você que quer colocar a sua família no altar de Deus, seja um sacerdote do seu lar, você não tem autoridade espiritual pra levar sua família no altar de Deus se você não assumir o sacerdócio em sua casa. É você que tem que orar por sua família é você que tem que levantar de madrugada e apresentar a sua casa diante de Deus a semelhança de Jó, "Jó se levantava de madrugada e oferecia sacrifícios em favor de cada um dos seus filhos, para purificá-los. Jó sempre fazia isso" (Jó 1:5). As coisas só vão mudar na sua casa quando você mudar primeiro, sua família só vai ser transformada se você se deixar ser transformado primeiro.
2. A segunda lição que eu aprendo neste texto é que o altar é santíssimo e apenas os sacerdotes podiam ministrar no altar por eles eram separados eram santos. Sem santidade de vida você não pode apresentar a sua família no altar de Deus. Quando Moisés foi se aproximar da sarça ardente o que foi que o anjo do Senhor disse para ele  "tire a sandália dos teus pés pois o lugar onde pisas é santos..."
A bíblia diz que sem santidade ninguém vera a Deus quanto mais oferecer algo em seu altar, é a transformação em nossa casa passa primeiro pela gente, é claro que ele quer abençoar a nossa casa mas muito mais do que isso ele quer fazê-lo por meio de nós a partir de nós.
3. A terceira lição que aprendo neste texto é que o sacerdote do lar não tem medo do confronto, o texto diz VS 17-18 "...Porém o sacerdote Azarias entrou após ele, e com ele oitenta sacerdotes do SENHOR, homens valentes. E resistiram ao rei Uzias, e lhe disseram: A ti, Uzias, não compete queimar incenso perante o SENHOR, mas aos sacerdotes, filhos de Arão, que são consagrados para queimar incenso; sai do santuário, porque transgrediste; e não será isto para honra tua da parte do SENHOR Deus.2 Crônicas 26:17-18" Pra apresentarmos nossa família no altar de Deus temos que ser boca de Deus e confrontar o pecado, não podemos nos esconder atrás de uma atitude de falsa pacificação. "é melhor deixar assim do que fazer briga" é preciso que tenhamos uma postura de amor mais firme, pois pelo contrario corremos o risco de perder a nossa casa assim como o sacerdote Eli perdeu por falta de firmeza 1 Samuel 27-34

4 comentários:

ENS disse...

Caro Marcelo,

Depois de ver tantas coisas "que julgamos erradas", como por exemplo: Pastores que estão com as famílias destruídas, porque não vigiam ou não buscam uma transformação de suas vidas, mas ainda estão a "Pastorear", fiquei pensando: Será que é isso que Deus quer?
Após ler seu texto compreendi o que Deus de fato quer de cada um de nós: cuidar da família primeiro. Se como uma pessoa separada eu não cuidar de minha família, como estarei pronto para cuidar de outras pessoas?
Forte abraço e continue crescendo na Graça e no Conhecimento.

Eunides Santos
eunides@gmail.com

reobotegames disse...

realmente infelizmente a atitude de muitos membros ao descobrirem que um lider tem erros e falhas como qualquer outro ser humano é condena-lo esquecendo que aqueles que oram pela vida do rebanho também são carentes de oração e cobertura espiritual...

Ernane Luiz Alves disse...

Nada da serto na minha vida já pensei até em suicídio me ajudem estou desempregado estou cheio de dívidas não tenho dinheiro nem para comprar Um pão me ajudem Ernane Luiz Alves de papagaios Minas Gerais

Marcelo Navarro disse...

Ernane oriento a você ir em uma igreja mais próxima de sua casa e expor sua situação ao Pastor. Tenho certeza que ele irá ajudá-lo...