2015/03/18

ALEGRIA

Texto: Filipenses 4,4

Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se!     Filipenses 4:4

Você é feliz? É possível alguém ser feliz neste mundo de tragédias, fome, guerras, violência, assaltos, arrombamentos, estupros, sequestro, delinquência, 20 milhões de crianças abandonadas, 4 milhões de abortos por ano, doença, AIDS, acidentes e mortes?

Bilhões de dólares são gastos todos os anos para promover entretenimento e alegria às pessoas. O ser humano tem sede de alegria. Nessa busca intensa, muitos procuram a alegria onde ela está presente apenas como uma miragem. Outros pegam atalhos, com o fim de chegar no destino da felicidade mais depressa. Salomão fala de sua decepcionante experiência de buscar alegria na bebida, no dinheiro, no sexo e na fama (Ec 2). Hoje, muitos acham que ser alegre é ter dinheiro, saúde, segurança, poder, prazeres, amigos. Mas, existem muitas pessoas que têm todas essas coisas e são infelizes e há outras privadas delas, que são alegres.

O povo de Deus é alegre por definição. O cristão é alguém que foi encontrado por aquele que é feliz e recuperou a sua posição como filho. Para os cristãos, a alegria não é só uma opção de vida. É um bom testemunho; é pré-evangelização; é coerência.

O mandamento da alegria está espalhado nas Escrituras Sagradas: nos livros da lei (Dt 16.11)

E te alegrarás perante o Senhor teu Deus, tu, e teu filho, e tua filha, e o teu servo, e a tua serva,
Deuteronômio 16:11, nos Salmos (Sl 32.11) Alegrai-vos no Senhor, e regozijai-vos, vós os justos; e cantai alegremente, todos vós que sois retos de coração. Salmos 32:11, nos profetas (Zc 9.9) Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que o teu rei virá a ti, justo e Salvador Zacarias 9:9, nos Evangelhos (Lc  10.20) Contudo, alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque seus nomes estão escritos nos céus". Lucas 10:20, nas Epístolas (Fp 4.4) e no Apocalipse (Ap 19.7) Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. Apocalipse 19:7.

A alegria é também fruto do Espírito (Gl 5.22) Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, Gálatas 5:22, é consequência do perdão e da salvação (Lc 10.20) Contudo, alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque seus nomes estão escritos nos céus". Lucas 10:20, é promessa a ser totalmente contemplada no futuro (Hb 11.39-40), é combustível e celebração da missão (Sl 126.6 Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes. Salmos 126:6; Lc 15.7 Eu lhes digo que, da mesma forma, haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não precisam arrepender-se" Lucas 15:7).

O apóstolo Paulo, fala em Filipenses 4.4 sobre três características da verdadeira alegria:

1. A alegria é absolutamente possível – "Alegrai-vos…".

Em primeiro lugar, a alegria é uma ordenança e não uma opção. Ser alegre é um mandamento e não uma recomendação. Deixar de ser alegre é uma desobediência a uma expressa ordem de Deus. O evangelho trouxe alegria, o reino de Deus é alegria, o fruto do Espírito é alegria e a ordem de Deus é: "alegrai-vos".

Paulo não está sugerindo, pedindo, ou mesmo aconselhando, mas dando uma ordem imperativa. Ser alegre não é uma opção, é um mandamento. Não ser alegre é transgredir uma ordem de Deus. Se Deus manda, então é possível ser alegre. Um cristão triste é uma contradição de termos. Um cristão triste é uma negação do evangelho. O cristão é aquele que tirou os andrajos do espírito angustiado e vestiu-se com vestes de louvor. Ser cristão é celebrar a vida com entusiasmo, é viver uma vida maiúscula, é andar no reino da fé, é caminhar rumo à glória, é viver como cidadão do céu, como herdeiro de Deus!

Ultimamente o que mais encontramos dentro de nossas igrejas, é gente triste, embravecida sempre de mal com a vida, sempre reclamando de algo ou de alguém, sempre insatisfeitas...Provérbios 15.13 "O coração alegre aformoseia o rosto, mas com a tristeza do coração o espírito se abate".

2. A alegria é independente das circunstâncias – "Alegrai-vos sempre".

 Paulo não está falando de alegria como um teórico. Ele não está hospedado num hotel cinco estrelas em Roma, empoleirado numa cátedra, ou seja, ele não esta falando sentado confortavelmente em uma cadeira de professor. Ele está preso, algemado, acuado, trazendo no corpo as marcas de Cristo. Ele já havia passado por lutas tremendas, por perseguições atrozes, por açoites humilhantes, por injustiças inumanas, mas a alegria do seu coração estava tremulando no mastro da sua vida.

Ser cristão não é viver numa redoma de vidro. Ser cristão não é ser poupado dos problemas. O que nos diferencia do ímpio não são as circunstâncias, mas o fundamento sobre o qual construímos nossa vida. Jesus falou que a diferença entre o salvo e o perdido não é aparência da casa que cada um constrói, mas o alicerce. Sobre ambas a casa cai à chuva, sopram os ventos e batem os rios. A que foi construída sobre a rocha fica firme, a que foi edificada sobre a areia desmorona. Ser cristão é edificar a vida sobre a rocha que é Cristo. Os problemas vêm, mas a alegria não vai embora, porque ela é ultra circunstancial. Paulo diz que devemos nos alegrar sempre.

Como a vida é um mosaico onde não faltam as cores escuras do sofrimento, nossa alegria não pode depender das circunstâncias. Na verdade, nossa alegria não é ausência de problemas. Não é algo que depende do que está fora de nós. Neste mundo passamos por muitas aflições, cruzamos vales escuros, atravessamos desertos esbraseantes, atravessamos águas profundas, mas a alegria verdadeira jamais nos falta. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo". João 16:33.

A estrada da vida cristã foi muito difícil para os apóstolos, para os discípulos do Senhor, para o próprio Jesus. Todos tiveram necessidades, todos passaram por aflições, todos foram perseguidos. Não é e nunca será diferente para conosco. Não são poucos os avisos na Palavra de Deus: "Esforça-te e tem bom ânimo", "se a mim me perseguiram, também perseguirão a vós", "não temas que eu te ajudo", e assim por diante. Jesus venceu o mundo e nós também iremos vencer... com Sua ajuda.

Por que murmuramos quando algo não vai bem? Por que desanimamos quando as primeiras tentativas resultam em fracassos? Por que ficamos desiludidos se o êxito não veio na primeira investida? Foi assim com todos os heróis bíblicos, com todos os homens de fé, com todos os que conviveram com Jesus. Por que não aconteceria o mesmo agora? As circunstâncias da vida não podem apagar a alegria de sua vida, os problemas no casamento não podem tirar-lhe a alegria, a falta de dinheiro não pode tirar-lhe sua alegria, a enfermidade não pode tirar-lhe a alegria... Porque?

3. A alegria está centrada em Jesus"Alegrai-vos sempre no Senhor…". Só conhece a verdadeira alegria quem conhece, ama e obedece a Jesus. A nossa alegria é uma pessoa, é Jesus. Só Jesus tem alegria verdadeira para dar.

A mensagem de Jesus é boa nova de grande alegria. O Reino de Cristo é alegria no Espírito Santo. Na presença de Deus há plenitude de alegria. O Senhor é aquele que inspira até mesmo canções de louvor nas noites escuras.  A alegria do Senhor é a nossa força. Quando estamos em Jesus e Jesus está em nós, mesmo na dor, na doença, na pobreza e até mesmo na morte, experimentamos uma alegria indizível e cheia de glória. "Tenho-vos dito estas coisas para que a minha alegria esteja em vós, e a vossa alegria seja completa" (João 15:11).

 A Palavra de Deus nos mostra que a verdadeira alegria não está nos bens desse mundo, tampouco no coração do ser humano. Se observarmos atentamente a realidade ao nosso redor, veremos o quanto isso procede. Existem muitas pessoas riquíssimas, bem aceitas na sociedade e fisicamente saudáveis, que, apesar de tudo isso, são tristes e infelizes. Outras pessoas tentam desesperadamente encontrar, em seus próprios corações, algo que as preencha, mas nunca obtém sucesso, porque simplesmente não têm alegria nenhuma dentro de si.

A alegria real e duradoura é um dom que o homem não pode conquistar mediante seu próprio esforço. É graça, vem de Deus, por meio de Jesus, Seu Filho unigênito, que veio para salvar e transformar vidas. Quando alguém experimenta o perfeito amor de Cristo, tudo passa a ser diferente. Os valores mudam, prioridades são alteradas, e o vazio que antes existia desaparece. Passa-se a ter uma razão para viver, sublime e imperecível, que não está nesse mundo passageiro, mas nos céus! Nossa alegria é uma pessoa e não ausência de problemas. Nossa alegria está centrada em Cristo. Quem tem Jesus experimenta essa verdadeira alegria. Quem não tem Jesus pode ter momentos de alegria, mas não a alegria verdadeira. Quem tem Jesus tem a alegria; quem não o tem, jamais a experimentou.  À luz de Filipenses 4.4, você pode dizer que é uma pessoa alegre?

Ladrões da alegria: Existem muitas situações que tentam roubar nossa alegria. Pode ser o barulho da obra de manhã cedo quando você quer dormir. Pode ser a música alta do vizinho. Ou quem sabe ser acordado repentinamente. O diabo tenta roubar essa alegria. Vem por e-mail, vem pelo marido ou esposa, vem ao ver a sua conta bancária etc.. Muitas situações podem roubar sua alegria. "O inimigo quer roubar a nossa alegria de hoje e nossa fé no amanhã!" Belkis Braz

O perigo de sermos roubados… OS LADRÕES DA ALEGRIA:

I. AS CIRCUNSTÂNCIAS

Você sonhou com um lar feliz. Você acariciou seu filho – hoje ele é rebelde, está nas drogas…

Um acidente, uma enfermidade, um divórcio, um pai que abandonou, reprovação no vestibular, empresa faliu, desempregado, traído pelo cônjuge, namoro acabou, noivado rompido.

Paulo – sua história de sofrimento – Da conversão à morte (narrar).

Jó – perdeu bens – filhos – saúde – companheirismo da esposa – amigos.

Davi – perseguição de Saul. Jeremias – prisão.

II. AS PESSOAS

Mágoas, feridas, humilhação, surra, abuso sexual, perseguição, injustiça, calúnia

Quem odeia fica preso = verdugo – 10.000 talentos X 100 denários

Doenças hamartiagênicas – Confessai os vossos pecados (Sl 32 e 38)

Oséias e Gomer = narrar.

III. AS COISAS

Sociedade materialista, consumista = Ama mais o carro que o irmão Ex. Carona Kwa Sizabantu.

Ter X Ser = Hoje as pessoas compram o que não precisam, com o dinheiro que não têm, para impressionar pessoas que não conhecem.

Só se preocupam com as coisas terrenas – Só a terra. Só dinheiro, bens, negócios, futebol (papo após o culto).

Seu deus é o ventre = viver para comer = corpo = cosméticos

Salomão = Ec 2 = bebida + riqueza + sexo + fama

Deixa de entregar o dízimo = quebra de maldição só com obediência.

IV. A ANSIEDADE

Os divãs estão lotados, os psicanalistas estão com a agenda cheia. Existem muitas pessoas roendo as unhas, com os nervos à flor da pele. Gente estressada.

Preocupação quanto ao passado = Gente que não se liberta do passado = traumas + feridas + falta de perdão – Fp 3.13 "mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus." Filipenses 3:13-14

Preocupação quanto ao futuro = Emprego, estudo, casamento, filhos, saúde, finanças, dívidas.

ANSIEDADE = o mal do século – Gente que não vive o hoje, porque está ansioso quanto ao amanhã.

CONCLUSÃO

 Nesses dias de carnaval observamos que milhões de pessoas saem de suas casas em busca de diversão, alegria e entretenimento, porque se sentem vazias, e por isso correm em busca de algo que lhes possa preencher o seu vazio interior, muitas vezes consumindo drogas, bebidas alcoólicas, prostituindo-se, adulterando...etc. A bíblia tem a receita da verdadeira alegria.

1. A VERDADEIRA ALEGRIA VEM ATRAVÉS DO CONHECIMENTO DA VERDADE

a. Só podemos desfrutar da verdadeira alegria quando somos libertos

"e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará., Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres" (Jo 8.32,36).

b. Quando somos restaurados por Deus 

"Quando o Senhor restaurou a sorte de Sião, ficamos como quem sonha. Então, a nossa boca se encheu de riso, e a nossa língua, de júbilo; então, entre as nações se dizia: Grandes coisas o Senhor tem feito por eles" (Sl 126.1,2).

2. A VERDADEIRA ALEGRIA VEM DO ESPÍRITO SANTO.

a. Ele substitui a nossa tristeza por alegria 

"e a pôr sobre os que em Sião estão de luto uma coroa em vez de cinzas, óleo de alegria, em vez de pranto, veste de louvor, em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem carvalhos de justiça, plantados pelo Senhor para a sua glória" (Is 61.3).

b. Ele preenche o nosso vazio com gozo, paz e alegria 

"Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo" (Rm 14.17).

3. A VERDADEIRA ALEGRIA SÓ TEM QUEM JÁ CONHECE A JESUS E O RECEBEU EM SUA VIDA

a. A nossa alegria vem da salvação e da vida abundante que Jesus nos dá. 

"eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância" (Jo 10:10b).

"Tu me farás ver os caminhos da vida; na tua presença há plenitude de alegria, na tua destra, delícias perpetuamente" (Sl 16.11).

4. VERDADEIRA ALEGRIA É FRUTO DA NOSSA PAZ COM DEUS.

a. Só desfruta da verdadeira alegria aquele que tem a paz de Deus.  "Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo" (Rm 5.1).

Conclusão: O pecado poderá trazer um prazer e uma paz momentânea e ilusória, mas Jesus pode te dar a verdadeira paz e alegria eterna.

Vamos prender esses ladrões da alegria. Vamos algemá-los. Vamos viver livres, seguros e alegres no Senhor. ALEGRAI-VOS SEMPRE NO SENHOR, OUTRA VEZ DIGO, ALEGRAI-VOS. Amém.

Nenhum comentário: