2012/06/15

O Paralítico de Betesda

Texto: João 5. 1-15

Queridos irmãos Deus tem uma palavra  viva para o nosso coração essa noite, por isso eu o convido a abrir seu coração e a sua mente para receber essa palavra bendita.
Queridos irmãos no tempo de Jesus havia em na zona norte de Jerusalém um local que era um grande centro de peregrinação para as pessoas que pretendiam obter a cura, pois nesse local havia um tanque cuja suas águas alegavam poderes curativos.
E estabelecidos o redor deste tanque se encontravam muitos enfermos bem como coxos, cegos, paralíticos, ali se aglomeravam aguardando uma oportunidade para entrar na águas, pois segundo a tradição um anjo descia até o tanque e tocava a água e assim que era agitada a água o primeiro que descesse ao tanque era milagrosamente curado.
Esse texto tem muitas lições pra nós essa noite, no verso 3 vemos que muitas pessoas  enfermas estavam ali e se encontravam em uma situação desesperadora, esperando por um milagre que o libertasse do seus sofrimentos trazendo o texto para próximo de nós fazendo uma hermenêutica podemos comparar queridos irmãos esses enfermos do tanque de betesda como os pecadores deste mundo esperando supersticiosamente alguma salvação. Muitas pessoas neste mundo desesperados por uma salvação ou libertação de um sofrimento acabam crendo em certas crendices tolas que mais complica a vida dela do que a aproxima de Deus o que diga-se de passagem não era o caso aqui desses enfermos do tanque de betesda pois o próprio texto diz que um anjo do senhor tocava aquela água.
Mas voltando para o texto no verso 2 vemos que esse tanque se chamava ou era conhecido como o tanque de Betesda (bets – eshad) cuja tradução significa "casa da Misericórdia", ou "casa da Graça" e então temos a informação no verso 5 que alí se encontrava um homem que a 38 anos vivendo junto ao tanque de betesda, junto ao tanque da misericórdia, junto ao tanque da Graça. Alí estava um homem que estava vivendo 38 anos de frustração, 38 anos de derrota, 38 anos de falta de graça. Um homem que havia se acostumado ver o sobrenatural na vida de outros, havia se acostumado a ver o milagre na vida de outros, mas não na sua vida.
Na casa da graça, na casa da misericórdia, na casa do milagre esse paralitico viveu 38 anos sem a graça sem o milagre, ele estava privado de usar a cura que estava alí bem a sua frente a alguns metros bem a sua frente no seu alcance.
Semelhantemente a esse tanque queridos irmãos quando falamos da Igreja do Senhor, falamos do local da graça, da casa da graça é aqui que muitas pessoas são curadas, é aqui que muitas dores e sofrimentos são aplacados, é aqui que vemos muitos milagres, vemos o sobrenatural, é aqui também que muitas pessoas param e se estabelecem em busca de uma transformação de um livramento a semelhança do paralítico de betesda. Talvez muitos se identifiquem com esse homem pois assim como ele esperam por um milagre a muito tempo no entanto só acharam frustração e derrota, viram muitos milagres mas na vida dos outros e na sua vida. Eu quero dizer pra vc nesta noite... Creia!!!!! Pois o seu milagre vai chegar....
Estudando e meditando no texto percebi que esse homem estava privado da casa da Graça, privado da cura ao meu ver por conta de 2 motivos:
1ª - Por um motivo Pessoal: não era algo externo que o prejudicava, mas sim uma enfermidade física é claro que era algo involuntário ele não tinha culpa de ter nascido assim, mas isso o atrapalhava na conquista de sua benção, de seu milagre, ele era paralítico e por mais que se arrastasse, outros eram mais rápidos do que ele e tomava a sua frente e tirava-lhe a benção da cura, no verso 7b ele diz: "enquanto eu vou, desce outro antes de mim"  a paralisia o impedia de usufruir dos meios de cura que estava em seu alcance naquela época.
Sabe que eu aprendo com isso irmãos... é que tem muita gente dentro da igreja, dentro da casa da graça que estão privados de receber as suas bênçãos os seus milagres por conta de um motivo pessoal e não estou falando necessariamente de uma disfunção física, mas sim por causa de uma disfunção emocional, como a falta de perdão, a falta de gratidão, por conta da amargura, por conta da falta de fé, coisas tais que paralisam e não permitem que o individuo vá até o tanque, até Deus e receba seu milagre.
Cuidem que ninguém se exclua da graça de Deus. Que nenhuma raiz de amargura brote e cause perturbação, contaminando a muitos. Hebreus 12:15
Ah pastor, mas eu não tive culpa de estar assim foram as circunstancias da vida que me fizeram assim.. Tudo bem querido irmão eu acredito que você não teve culpa, o paralitico também não teve de ter nascido daquele jeito, mas isso não impediu que a enfermidade o prejudicasse na sua caminhada.
Não é uma questão de culapa mas é uma questão de conscientização de que se essas coisas não forem trabalhados primeiro talvez você passe 38 anos só experimentando derrota e fracasso em sua vida.
2ª – motivo é a invisibilidade, vemos isso na resposta do paralitico a pergunta de Jesus se ele queria ser curado o verso 7ª diz "Senhor não tenho ninguém que ponha no tanque quando a água é agitada" ora o lugar conhecido como a casa da graça encontramos um homem a 38 anos vivendo nela mas esperando pela graça de uma mão amiga, esperando que alguém se compadecesse dele e o ajudasse a entrar naquele tanque, ele não tinha ninguém esteve invisível durante 38 anos. Na casa da graça o que imperava era o individualismo verso 7b ele diz: "enquanto eu vou, desce outro antes de mim" 
Ao que me parece queridos essa atitude desses outros tem sido comum nos dias de hoje, sobre tudo dentro de nossas igrejas, na casa da Graça muitos se encontro sem a graça da visibilidade, não estão sendo cuidados, pastoreados, estão ao léu da sorte e ao meu ver a individualidade continua sendo a grande vilã, as pessoas estão cada dia mais preocupadas consigo mesmo ao ponto de não enxergar os outros. Mandamentos como amarás o teu próximo como a ti mesmo já não amolecem mias muitos corações.
Um dos grandes benefícios de pertencer a uma igreja em fazer parte de uma comunidade do corpo de cristo é saber que você esta sendo cuidado e suas necessidades tem sido vistas pelos irmãos é saber que as pessoas se preocupam com sua vida.
No verso 6 queridos irmãos a história desse homem começa a mudar aleluia saiba queridos que sempre tem um final para as nossa lutas, elas não são eternas, uma hora acaba e a do paralitico estava prestes a terminar, esse verso demonstra a atitude de nosso senhor diz o texto  vendo Jesus o paralitico e sabendo que estava assim a muito tempo ,  Jesus "Viu" Os olhos do Senhor estão em toda parte, observando atentamente os maus e os bons. 
Provérbios 15:3
Os olhos do Salvador, do libertados, daquele que tudo contempla viu aquele homem, os olhos da verdadeira Graça agora repousa sobre a vida dorida daquele homem, após 38 anos alguém o enxerga, alguém se compadece demonstrando querido irmão o que todos nós já sabemos que a iniciativa sempre é divina Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro. 1 João 4:19A visibilidade é um presente de Deus como é bom ser visto, ser enxergado. 
 Ah querido irmão eu não sei o que você esta passando, eu desconheço suas lutas, não sei o que você esta sentindo neste momento, não sei qual o tamanho do buraco do vazio que se encontra em seu coração., mas Jesus cristo o meu Senhor esta aqui essa noite  e ele tudo vê, ele somente ele tudo sabe Romanos 8.29 diz "pq de antemão nos conheceu" ele quer mudar a sua história assim como fez com esse homem entregue-se a ele. Quando ele entrou na vida desse homem a sua história mudou permanentemente.
Ainda no verso 6 temos outra revelação da parte de Deus, Jesus olha para o homem e pergunta Queres ser curado... que pergunta meu irmãos !!!! alguém pode logo responder é claro que ele quer, é obvio... calma irmão sempre digo que é nos detalhes que as grandes mensagens se encontra, aprendemos algumas lições com a pergunta de Jesus, a pergunta de Jesus não era descabível como alguns talvez pensam.
1ª – lição: Jesus pergunta é porque nem sempre sabemos o que realmente queremos, muitas vezes chegamos a Deus com nossas petições todas trocadas, escurecidas por conta das circunstâncias, essa pergunta nos faz refletir sobre nossas prioridades, o que realmente queremos, para que queremos tal coisa...
2ª – Lição: e pendo eu que era a questão que Jesus queria trabalhar. Lá estavam as águas que curam, bem em sua frente, mas o paralitico continuava sem cura. Ele poderia ter sido curado se tivesse entrado no tanque, só que foram tantas e tantas tentativas frustradas, tantos esforços perdidos, tanta luta pra nada, anos e anos se passando e derrotas em cima de derrotas, que eu acredito queridos irmãos que esse homem deve ter em algum momento de sua vida desistido de lutar, não se esforçava mais, não buscava mais o milagre ele havia se acomodado, a dor de ser homem paralitico era a menor do que a dor de se frustrar novamente, da vergonha de tentar e não conseguir era menor do que dor do orgulho. Ele havia se acomodado ele havia perdido a vontade  de ser curado, a vontade de ser salvo.
Sabe meus irmão o que aprendo aqui é que Deus não dá sua salvação, o seu milagre para quem não quer e Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem. Mateus 7:6. Jesus aqui não esta maltratando as pessoas que não creem ou não querem chamando essas pessoas de cães ou porcos, não, ele está dizendo o seguinte: que não se deve dar as coisas sagradas para quem não quer, porque essa pessoa vai desperdiça-las...
Ele esta ensinando que no processo do recebimento de uma cura ou de um milagre ou da transformação de uma situação é necessário querer demonstrando que existe então uma cooperação humana.
Não adianta ficar de braço cruzado esperando as coisas cair do céu, faça a sua parte, corra atrás, lute pelo relacionamento, saia atrás de um emprego melhor, estude se capacite, fuja da tentação, abandone o pecado.
Não fique resmungando, se achando o coitadinho o infeliz o infortunado, quer a benção de Deus o milagre, quer mudança, quer transformação, quer a vitória faça a sua parte por que Deus já esta fazendo a dele.
 Tem muita gente dentro da igreja esperando a agua se mover como esse paralitico, esperando o agir sobrenatural das águas, mas não caminha em  direção do tanque, se acomodou, desistiu de lutar. Jesus esta dizendo essa noite no verso 8 eu estou fazendo a minha parte agora faça a tua "toma o teu leito e Anda"
Jesus tem a palavra de Cura, mas ela só veio a existir quando o paralitico obedeceu a palavra proclamada. Sem obediência nada acontece Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos. Tiago 1:22
                                                                                                              Marcelo Navarro

2 comentários:

Ana disse...

Pastor, que Deus continue lhe abençoando!

Ana disse...

Pastor, que Deus continue te abençoando!