2013/08/26

Família...

Se alguém não cuida dos seus e especialmente dos de sua família, tem negado a fé e é pior que um incrédulo. (1 Timóteo 5:8 TB10)

 Queridos irmãos penso que se existiu um tempo ou uma época onde este versículo pode ser usado com muita propriedade, penso que seria nos dias de hoje.

Como podemos perceber a Família esta se deteriorando não só por fatores externos, mas também por fatores internos como a indiferença, a falta de amor familiar etc... me parece que os membros da Familia não estão tão ligados como antigamente.

Deus se preocupa com a família, pois é lá onde tudo começa, é lá onde são lançadas as primeiras sementes de fé e de orientação espiritual.

E Deus quer contar conosco para cuidar das famílias, especialmente da nossa própria família, da nossa casa. 
Podemos cuidar da nossa família de várias formas. Vejamos aqui algumas das maneiras que temos para cuidar da nossa família.

1 – EXERCENDO A PIEDADE – I Tim 5:4

Piedade significa ter compaixão pelo sofrimento alheio, praticar a misericórdia, a beneficência, ajudar aos necessitados, ser benevolente, ser bondoso. A primeira fonte de recursos de um necessitado deve ser a sua própria família.

Mas nem sempre é isso o que acontece, pelo contrário, temos ouvido casos em que os necessitados são socorridos pelos de fora, por aqueles que não são da família. Não foi assim que Deus determinou que a família vivesse. A família deve ser a primeira a exercer a piedade, a beneficência em favor dos seus membros. 

Deus exerceu a piedade quando ofereceu o seu Filho Jesus em favor das famílias, inclusive por aquelas famílias difíceis, complicadas e problemáticas.

II- RECOMPENSANDO OS PAIS – I Tim 5:4

Recompensar, honrar, amar, respeitar os nossos progenitores (pais, avós, bisavós etc) é agradável e aceitável diante de Deus (I Tm 5:4). A palavra "recompensar" no texto original grego, significa "dar lucro". Portanto, um filho deve "dar lucro" aos seus progenitores, mas nem sempre é isso o que acontece. Muitos são os filhos que mesmo depois de crescidos "dão prejuízo" aos seus progenitores, sendo motivo de tristeza, sofrimento e vergonha para seus pais. Que filho você tem sido?

Na Parábola do Filho Pródigo (Lc 15:11-32), vemos que o pródigo deu muito trabalho e preocupação ao seu pai, mas depois voltou arrependido. Você está precisando mudar o seu relacionamento com seus pais? Você está precisando voltar para Deus, nosso Pai? Então faça isso agora!

III- COMPARTILHANDO A FÉ – I Tm 5:8

Não podemos negar a nossa fé para quem quer que seja, principalmente para a nossa família. Devemos compartilhar a nossa fé em Cristo Jesus dentro da nossa casa, entre os nossos familiares, mesmo os mais distantes.

E essa nossa fé deve vir acompanhada das boas obras, pois a fé sem obras é morta (Tg 2:14-17). Portanto, precisamos cuidar da nossa família, especialmente da nossa própria casa.

Você tem cuidado das necessidades da sua família? Você tem compartilhado a sua fé em Cristo buscando a salvação da sua família? Quando Jesus entrou em nosso coração, Ele já planejava salvar toda a nossa família. "Responderam eles: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e a tua casa. (Atos 16:31)."

Você deseja ver a sua família transformada e salva por Jesus? Então, deixe Jesus começar por você, receba-O como seu Senhor e Salvador e Ele alcançará toda a sua família!

O apóstolo Paulo disse que aquele que não cuida da sua família, tem negado a fé e é pior do que um descrente (I Tm 5:8). 

 O que me chama a atenção para esse versículo é que Paulo esta escrevendo para cristãos, o que torna muito mais grave essa advertência. Paulo diz que nega a fé, ora subentende-se que esses que negam a fé são pessoas que professam a fé em Cristo, são crentes...

Agora perceba a dureza das palavras de Paulo, ele diz que a pessoa é "pior que o incrédulo" Como pode um crente ser pior que um incrédulo? Como pode alguém em quem julgamos habitar o Espírito Santo, acreditamos estar lavado pelo sangue do Cordeiro, julgamos ser nascido de novo, ser cidadão do Reino de Deus ser pior que o descrente? 

Pois é... Pode. O texto nos dá uma sinalização de como isso é possível – "negou a fé", possui a fé, mas não a pratica.

O marido que maltrata, falta com a devida atenção, humilha com atos e palavras, espanca sua mulher, está negando a fé. A esposa que negligencia os cuidados ao marido, não direciona os encantos femininos para ele, idem. Os pais que irritam seus filhos e os filhos que desrespeitam e não honram os pais, de igual forma, estão em estado pior do que os incrédulos.

Baseado em outros textos bíblicos, levo o raciocínio adiante. Os maridos e as esposas que deixam de orar em favor de seus cônjuges também se enquadram na mesma condição: negam a fé em grau maior ou menor.

Sendo cristãos, temos que abrir os olhos e a boca para interceder pelas nossas famílias, porque esta é a vontade do Senhor. Ele ouve as nossas petições.

Existem outras atitudes que nos fazem piores do que o incrédulo:

Mal testemunho: Outra maneira de sermos piores que os incrédulos é quando não damos testemunho dentro de casa. Essa é também uma maneira de não cuidarmos dos nossos...

Essa semana conversando com um amigo meu que hoje é crente serve e Deus. Ele estava me contando que se meteu com drogas e tudo mais e seus pais eram crentes, e que desde de sua infância e eu perguntei por que você entrou nessas coisas e não ficou na igreja,

"olha pastor se tivesse nascido em uma família incrédula talvez eu não tivesse entrado nessas, os meus pais viviam falando de Deus mas em casa era a maior brigacera, meus pais deram e dão muito mal testemunho pra mim e para o meu irmão."

A falta de tempo: tem tempo pra tudo, menos para o familiar. 99,9 por cento dessa falta de tempo é uma desculpa, pois aquilo gostamos, nós priorizamos, falta de tempo nada mais é do que uma clara demonstração que aquilo não é prioritário ou importante.

Agora esse "cuidar do seus", não é apenas no aspecto físico, emocional e material como muitas vezes pensamos, é isto também, mas é no sentido espiritual que podemos cuidar realmente dos meus, quando eu oro pela pessoa, quando eu falado amor de Deus por ela ou ele, quando faço um culto no lar para qua haja manutenção da espiritualidade durante a semana.

A sua familia além de ser o seu maior tesouro, ela também é um importante balizador da saúde de sua fé...

 

Marcelo Navarro

Um comentário:

Marcos Gesiel disse...

Gostei da mensagem! Deus abençoe sua vida!